Este tratamento consiste no aproveitamento dos fatores de crescimento derivados das plaquetas (elementos constituintes do sangue). No PRP é realizada uma colheita de sangue ao paciente, que é posteriormente tratada num dispositivo de forma a estimular a libertação dos fatores de crescimento.
O PRP é extraído do componente não celular do sangue, incluindo plaquetas e fatores de crescimento como:

  • Fator de crescimento derivado de plaquetas (PDGF)
  • Fator de crescimento-beta (TGF-b)
  • Fator de crescimento endotelial vascular (VEGF)
  • Fator de crescimento de fibroblastos-2 (FGF-2)
  • Fator de crescimento similar à insulina (IGF)

Estes fatores de crescimento favorecem os estágios de cura após uma lesão ou condições inflamatórias.

TOP